terça-feira, 18 de dezembro de 2012



‎"Você se aproxima de mim com esses modos estranhos e eu digo que sim…"


— Tom Jobim


sábado, 15 de dezembro de 2012

Confesso !




“Eu já desabei há muito tempo. À noite, no meu quarto, na hora do banho e sempre que ninguém está por perto. É quando fico vulnerável. É quando posso chorar sem medo de julgamentos. É quando confesso que o peso que carrego sobre as costas dói mais do que aparenta. Nessas horas não preciso ser forte. E também não preciso fingir que sou.”
                                                                   ( Querido John )

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Por que ?



“Você pode me dizer por que as pessoas se esforçam tanto para esconder seu eu verdadeiro? Ou por que sempre me comporto de modo muito diferente quanto estou perto dos outros? Por que as pessoas confiam tão pouco nas outras? Sei que deve haver um motivo, mas algumas vezes acho horrível não poder confiar em ninguém, nem mesmo nas pessoas mais próximas.”
       
                                                                     O Diário de Anne Frank

segunda-feira, 26 de novembro de 2012



“Tu amarás outras mulheres E tu me esquecerás! É tão cruel, mas é a vida. E no entretanto, Alguma coisa em ti pertence-me.”
                                                                              
                                                  Manuel Bandeira

sábado, 24 de novembro de 2012

Quem ?




Quem um dia irá dizer
Que existe razão
Nas coisas feitas pelo coração?
E quem irá dizer
Que não existe razão?

                                                 Renato Russo 

sexta-feira, 21 de setembro de 2012



              "E ninguém dirá que é tarde demais, que é tão diferente assim.
               Do nosso amor a gente é quem sabe, pequena." 
                   — Los Hermanos






               "Amor da minha vida daqui até a eternidade
                Nossos destinos foram traçados na maternidade." 
                         Cazuza /Leoni





quinta-feira, 20 de setembro de 2012



                  "Se nenhum amor dura pra sempre nenhuma dor também." 
                     — Frejat




quarta-feira, 19 de setembro de 2012



            "Quem acendeu a vela do destino não contava com a ventania." 
               — Ana Carolina




Musica Nacional


A vida é mesmo uma bobagem diante da eternidade do amor de quem se ama *-*

É a melhor musica que eu já ouvii ate hoje, E eu sempre irei gostar dela ,meche comigo,e todas as palavras se conversam umas com outras e uma coisa tao boa de se escutar que se eu pudesse seria a PRINCIPAL pra sempre na minha playlist ,Mas não e de se falar que o compositor e MARAVILHOSO ele simplesmente É o CARA só queria que multiplicasse umas pessoas dessas ,Porque ta precisandoo .

E eu estou Falando dessa Musica :


       

Por Onde Andei
Nando Reis
Desculpe
Estou um pouco atrasado
Mas espero que ainda dê tempo
De dizer que andei
Errado e eu entendo
As suas queixas tão justificáveis
E a falta que eu fiz nessa semana
Coisas que pareceriam óbvias
Até pra uma criança
Por onde andei?
Enquanto você me procurava
Será que eu sei?
Que você é mesmo
Tudo aquilo que me faltava
Amor eu sinto a sua falta
E a falta, é a morte da esperança
Como um dia que roubaram o seu carro
Deixou uma lembrança
Que a vida é mesmo
Coisa muito frágil
Uma bobagem
Uma irrelevância
Diante da eternidade
Do amor de quem se ama
Por onde andei?
Enquanto você me procurava
E o que eu te dei?
Foi muito pouco ou quase nada
E o que eu deixei?
Algumas roupas penduradas
Será que eu sei?
Que você é mesmo
Tudo aquilo que me falta
Amor eu sinto a sua falta
E a falta, é a morte da esperança
Como um dia que roubaram o seu carro
Deixou uma lembrança
Que a vida é mesmo
Coisa muito frágil
Uma bobagem
Uma irrelevância
Diante da eternidade
Do amor de quem se ama
Por onde andei?
Enquanto 
você me procurava
E o que eu te dei?
Foi muito pouco ou quase nada
E o que eu deixei?
Algumas roupas penduradas
Será que eu sei?
Que você é mesmo
Tudo aquilo que me faltava


sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Musica Nacional

       
                 Não tente me dizer palavras que eu já não acredito


                 


Zeca Baleiro

Não tente me enganar
Vejo em seu olhar que já não existe
Aquele mesmo amor que nunca esperou
Acabar tão triste.
Não tente me dizer palavras que eu
Já não acredito
Eu posso compreender o que restou de um amor
Que foi tão bonito.
Eu fiz daquele amor o meu sonho maior
Minha razão de tudo
Foi pouco o que restou
De tanto que existiu
Recordações e nada mais.
Não, não vá me dizer palavras que venham
Me fazer chorar depois
Eu sei que vou viver
Por muito tempo ainda
Das lembranças de nós dois.



sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Musica Nacional


                     Quem é mais sentimental do que eu?



O quanto eu te falei?
Que isso vai mudar
Motivo eu nunca dei
Você me avisar, me ensinar
Falar do que foi pra você
Não vai me livrar de viver
Quem é mais sentimental que eu?
Eu disse e nem assim se pôde evitar
De tanto eu te falar
Você subverteu o que era um sentimento e assim
Fez dele razão pra se perder
No abismo que é pensar e sentir
Ela é mais sentimental que eu
Então fica bem
Se eu sofro um pouco mais
"Se ela te fala assim, com tantos rodeios, é pra te seduzir e te
Ver buscando o sentido daquilo que você ouviria displicentemente.
Se ela te fosse direta, você a rejeitaria."
Eu só aceito a condição de ter você só pra mim
Eu sei, não é assim, mas deixa
Eu só aceito a condição de ter você só pra mim
Eu sei, não é assim, mas deixa eu fingir e rir.


Moda e Bicicleta


Ta  ai uma nova TAG que decidi criar,achei interresante criar um insentivo para ajudar na sustentabilidade a ainda deixar inspiraçoes Lindas ,vou postor bicicletas e ainda com um toque de moda 


Andar de bicicleta, além de mostrar que você se preocupa com a sustentabilidade ambiental e a saúde física, indíca que você é antenadíssima com a moda!
Com quase dois séculos de existência, esse prático meio de transporte foi criado por um barão alemão, Karl Von Drais e hoje é o novo comportamento fashion das ruas!

É hora de apostar na atitude sustentável aliada à moda. Que tal desfilar pelas ruas da cidade de bike .


quinta-feira, 9 de agosto de 2012




“Talvez eu entenda o porquê das pessoas terem alguns “medos” em relação ao amor. Ele é difícil, perigoso, exige tempo, cuidado, renúncias. Mas, ele é essencial. É único. É preciso.”



quinta-feira, 2 de agosto de 2012




Como é que duas pessoas que tinham se amado, e que talvez ainda se amassem, podiam infligir uma à outra tamanho sofrimento?

François Lalerd




sábado, 30 de junho de 2012


Paulo tinha fama de mentiroso. Um dia chegou em casa dizendo que vira no campo dois dragões da independência cuspindo fogo e lendo fotonovelas. A mãe botou-o de castigo, mas na semana seguinte ele veio contando que caíra no pátio da escola um pedaço de lua, todo cheio de buraquinhos, feito queijo, e ele provou e tinha gosto de queijo. Desta vez Paulo não só ficou sem sobremesa como foi proibido de jogar futebol durante quinze dias. Quando o menino voltou falando que todas as borboletas da Terra passaram pela chácara de Siá Elpídia e queriam formar um tapete voador para transportá-lo ao sétimo céu, a mãe decidiu levá-lo ao médico. Após o exame, o Dr. Epaminondas abanou a cabeça:
- Não há nada a fazer, Dona Coló. Este menino é mesmo um caso de poesia.


Carlos Drummond de Andrade

quinta-feira, 21 de junho de 2012

             “Porque é isso que nos importa, não é? O sorriso um do outro.” 
                                                                      
                                                                       Caio Fernando de Abreu

quarta-feira, 20 de junho de 2012

Apaixonados



Não consigo entender porque tanta confusão quando estamos perto um do outro. Era para ser uma coisa tão natural, mas a cada dia que passa se torna tão desnorteante. Sinto-me retrocedendo, antes conseguia falar um monte de asneira e dizer sem me importar os meus feitos (as idiotices), hoje me embaralho até ao dizer como foi meu dia. 
O amor se manifesta de maneiras tão inusitadas. Refletindo sobre 
o que é amor e o quanto eu sou retardada (acredite), cheguei à conclusão que somos todos "idiotas apaixonados",  São tal de borboletas no estômago, de fazer besteiras, de cenas desconcertantes, de beijos apaixonados, cafuné, abraços inesperados. Por fim acontece tanta coisa... Me sinto tão, tão (como posso dizer... hum) FELIZ. É isso, já sei! Acho que não tem o que entender, eu vou ser assim, essa menina apaixonada e de que quando estiver perto de você não sabe o que se passa em volta direito.







Todos meus medos encolhem quando penso que sua mão estará segurando a minha e então percebo que o único erro é não tentar ser feliz.
                                                                                                     Luara Quaresma.

sexta-feira, 15 de junho de 2012


                 “Faz assim: me guarda num cantinho dentro de você.”
                                                     
                                                                                        Clarissa Corrêa.

quarta-feira, 13 de junho de 2012



  
''          Ela sorri fácil, isso já notei, então penso alguns segundos antes sobre que tipo asqueroso de babaca faz aquele tipo de garota chorar em cafeterias fechadas, às dez da noite.       ''

                                                                                                    Gabito Nunes 

segunda-feira, 11 de junho de 2012


“- Sinto sua falta.
- Então sinta minha falta. E me mande amor e luz toda vez que pensar em mim. 
Depois esqueça. Não vai durar pra sempre, 
                                                                                                                   Nada dura.”
                                                          — Comer, Rezar, Amar.

sábado, 9 de junho de 2012



Quando alguma coisa te fizer lembrar de mim, não se assuste. É apenas o meu pensar constante em você que conseguiu alguma forma de te dizer que estou com saudade.

                                                                     (G. Lacombe)


terça-feira, 5 de junho de 2012



"Enfim o que fosse acontecer, aconteceria. E por enquanto nada acontecia, os dois não sabiam inventar acontecimentos. Sentavam-se no que é de graça: banco de praça pública. E ali acomodados, nada os distinguia do resto do nada."

                                                            (Clarice Lispector - A Hora da Estrela)

sexta-feira, 1 de junho de 2012


                      Cuidar de você, é o desejo mais intenso que eu tenho.





“Abraços podem mudar o mundo, fazer surgir sentimentos inesperados que te fazem não parar de pensar em uma pessoa faz surgir amizades inimagináveis e amores que podem durar a vida inteira.”







"Eu sei que você só me interessa por ser impossível. Talvez eu perdesse meu encanto se tudo desse certo entre nós. O que me faz sentir é sua distância, o medo de perder nossa ligação tão inexplicável."

                                                                                  (Verônica H.)

sexta-feira, 25 de maio de 2012

          
                       "Moço, cadê as cores que um dia você coloriu em mim?" 


                                                                                               (Patrícia Rocha)

segunda-feira, 21 de maio de 2012



‘’Teus lábios são labirintos que atraem os meus instintos mais sacanas. E o teu olhar sempre distante sempre me engana, eu entro nessa tua dança de cigana ‘’

                                                                             (Engenheiros do Hawaii)

sexta-feira, 18 de maio de 2012

A Carta Que Eu Nunca Te Escrevi



Desde o começo não sei quem és, no fundo não te conheço as vezes queria ser, Mosca e voar por aí,  pousar em ti,  Será que é verdade quando dizes que me amas ,Saber se pensas em mim quando não estás comigo, Há coisas em ti que tu não mostras ou já não gostas, Imagino tanta coisa enquanto estou á tua espera ,Não peço nada em troca apenas quero sinceridade?Será que exagero será que não passa de imaginação? Será que é o meu nome que tens gravado no coração ou não? 

quinta-feira, 17 de maio de 2012

                                              Não é fácil
                                              Não pensar em você
                                              É estranho
                                              Não te contar meus planos
                                              Não te encontrar..


                                                                                           (Marisa Monte)
                              
                                              De você sei quase nada
                                              Por onde vai ou porque veio 
                                              Nem  mesmo sei 
                                              Qual e a parte da sua estrada
                                              No meu caminho ... 

                                                                                                             (Zeca Baleiro )

terça-feira, 15 de maio de 2012

"O nosso amor a gente inventa pra se distrair e quando acaba a gente pensa que ele nunca existiu..."

                                                                                                                                           (Cazuza)




Será que a gente inventa o nosso amor? Mais ou menos. Detesto o mais ou menos, sou adepta do 8 ou 80. "Mais ou menos" pra mim não existe...só nesse caso.

Um belo dia conhecemos uma pessoa. Acontece algo dentro de nós. Pura mágica. Temos a sensação de que aquela pessoa é a nossa metade, quem buscávamos desde muito tempo. Aquela criatura que chegou para nos completar, nos fortalecer.

Mas (sempre tem um "mas") juntamente com esse clima de magia vem a projeção. Construímos uma imagem em torno do ser escolhido. Criamos uma ilusão e, por vezes, colocamos o amado num pedestal. Ele se torna intocável, seguro e protegido. E o pior: sem defeitos.
Sim, no começo tudo é lindo e florido.
É uma equação: paixão + castelos de areia = ser amado.

Não há nada melhor do que o tempo e a convivência para percebemos o que realmente é latente, o que grita dentro de nós e o que sentimos de verdade. Tudo isso somado ao fato de que, com o tempo, as pessoas mostram quem realmente são.

E quando o amor acaba, o que nos resta? O que pensamos? Ele existiu?

Sim, existiu. O que é nosso as pessoas não tiram. Só nós sabemos o que sentimos, o que fala nossa alma. Amamos, nos entregamos. E o "ser perfeito"? Ele não era perfeito. Ilusões e castelos de areia são criados e são, realmente, inevitáveis. Acredito que, de fato, nós "inventamos" o nosso amor.

Sentimos, mas criamos.
Amamos, mas valorizamos qualidades talvez inexistentes.

Inventamos o amor para viver. Inventamos o amor para evitar a solidão. Muitas vezes os castelos são desmoronados pela vida, mas nos agarramos ao passado, procuramos construir tudo novamente, numa tentativa incessante de evitar o confronto com a desilusão e com o medo de ficar só.




segunda-feira, 14 de maio de 2012



                                   Sou sua mas não posso ser
                                   Sou seu mas ninguém pode saber
                                  Amor, eu te proíbo
                                  De não me querer.


                                                                          Nando Reis 



"Ah, se já perdemos a noção da hora, se juntos já jogamos tudo fora: me conta agora como hei de partir. Se ao te conhecer dei pra sonhar, fiz tantos desvarios, rompi com o mundo, queimei meus navios, me diz pra onde é que ainda posso ir. Se nós, nas travessuras das noites eternas confundimos tanto as nossas pernas, diz com que pernas eu devo seguir. Se entornaste a nossa sorte pelo chão, se na bagunça do teu coração meu sangue errou de veia e se perdeu.
Não, acho que estás só fazendo de conta. Te dei meus olhos pra tomares conta, agora conta como hei de partir?"

                                                                                 Chico Buarque

quarta-feira, 25 de abril de 2012

                       
                       Todos os dias eu venho ao mesmo lugar
                       Às vezes fica longe e impossivel de encontrar

                      Assim você me perde e eu perco você
                      Como um barco perde o rumo
                      Como uma árvore no outono perde a cor.

                                                                             Engenheiros da Hawaii.

quinta-feira, 19 de abril de 2012


   


                           
    Você disse some: eu somei. 
                               Eu disse some: você sumiu.
                                                                                     
                                                                                                         (Marcos Caiado)